Buscar
  • stdevassouras

Em meio à pandemia, a reforma de uma casa remanescente do século 19 alegrou os vassourenses.



A SEDET entrou em contato com os proprietários para saber mais sobre a bela residência localizada no Centro Histórico.


Construída em estilo colonial no final da década de 1880, a casa foi adquirida por Ondina e Sebastião Medeiros em 1964, data em que foi realizada a primeira reforma em razão da deterioração do imóvel. Os irmãos Vera, Ruy e Antônio Carlos contaram que, desde então, sempre foi realizada manutenção anual para preservar a residência.


"Em meio à pandemia, enfrentamos o desafio de fazer um autêntico restauro na fachada. Foi um trabalho muito delicado que acompanhamos com emoção”, disseram os três, em texto enviado à SEDET. “Somos gratos por nossa história e queremos sempre contribuir da melhor forma possível com a cidade. Sabemos que a casa bem cuidada também significaria muito para nossos pais”, ressaltaram eles.


Autorizada pelo IPHAN e pela Prefeitura, a restauração durou cerca de 5 meses e foi conduzida pelo engenheiro civil Luciano da Silva Martins e sua equipe. Vera, Ruy e Antônio contaram que o “amarelo euforia” escolhido para a nova fachada foi inspirado nas cores das construções coloniais presentes em cidades históricas como Paraty e Tiradentes. “Sabemos que o momento que atravessamos com a Covid-19 é de imensa preocupação e dor, mas ainda assim temos buscado manter o ânimo fundamental para prosseguirmos. Esperamos que nossa casa simbolize essa renovação”, disseram os três.

0 visualização0 comentário